Quadras Soltas

Joguei às cinco pedrinhas
Perdi todas as jogadas
Quando vi que tu não vinhas
Pedrinhas eram pedradas

Papoila grito de cor
Tanto trigo te quer bem
Mais quero eu ao meu amor
Amor que amor não me tem

Tenho um lindo namorado
Que me ama perdidamente
Tem um defeito coitado
Ama assim toda a gente

Quem o seu amor perdeu
E não queria ter perdido
Anda a chorar como eu
Que trago o meu no sentido

Abri-te o meu coração
Tu fechas-me a tua casa
E não te vejo senão
Com um grãozinho na asa

Ao alto céu eu subi
Fiz escritura com Deus
Quando te der morte a ti
Quando te der morte a ti
Nessa hora morra eu.

Amália Rodrigues