Nasçam os Amores

Lembram lenços a acenar
Lembram bandeirinhas brancas
As nuvens que andam no ar

Nossa Senhora medita
Do Céu em paz a descer
E a manhã está tão bonita

Morram dores
E nasçam os amores
Abram flores
A cantar
Oliveira
Na paz do olival
Dá-me a tua flor primeira
Natal

Sobre uma nuvem além
Eu vi mas não posso crer
O menino e sua mãe

Menino de mãos macias
Sejam teus gestos primeiros
Louvados todos os dias

Amália Rodrigues